O problema da liberdade

Quem pode ser considerado livre? Uma pessoa livre não é sempre aquela cujas ações são dominadas por sua própria vontade, porque a vontade não é uma entidade definitiva e isolada, mas, ao contrário, é determinada em suas motivações, por forças que estão além de seu controle. Uma pessoa também não é livre mesmo que ela seja o que quiser ser, porque o que a pessoa quer ser, obviamente, é determinado por fatores que estão além de seu controle. Aquele que faz o bem por fazer o bem deve ser considerado livre? Mas como é possível fazer o bem pelo próprio bem?Liberdade?

Como, então, a liberdade pessoal é possível? Sua natureza é um mistério, e a sucessão formidável de evidência cumulativa para o determinismo torna muito difícil para nós acreditarmos na liberdade. E, ainda assim, sem essa crença não resta nenhum sentido para a vida moral. Sem considerar a liberdade seriamente, é impossível considerar a humanidade seriamente.

(Abraham joshua Heschel, em Deus em Busca do Homem)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: